Programa de Trabalho: UM CAMPUS INTEGRADO AO DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO REGIONAL – Candidato a Diretor do IFCE Tauá – Me. Alexciano de Sousa Martins

2. PROPOSTAS PARA O EIXO DESENVOLVIMENTO REGIONAL

No tocante a expansão dos serviços do campus Tauá, para a comunidade externa, local e dos demais municípios, pretende-se que a sociedade se aproprie dos benefícios que o campus pode gerar para as economias locais e o desenvolvimento das pessoas. Deseja-se que a sociedade da Região dos Inhamuns seja participe do planejamento e parceira da execução das ações da instituição.  

2.1 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO REGIONAL

PROPOSTADETALHAMENTO
Mapeamento de demandas regionais para o IFCE TauáComo mobilização para o Encontro Regional de Planejamento Estratégico para o IFCE Tauá, serão organizadas visitas as sedes dos municípios, distritos mobilizando as entidades públicas e privadas e na oportunidade serão pesquisadas demandas de cunho social e econômico, que embasarão a oferta de cursos FIC, pesquisas, ações de extensão e outros serviços do campus.    
Realizar um Encontro Regional de Planejamento Estratégico para o IFCE TauáArticular a participação de representação de diversos setores da sociedade, dos cinco municípios para traçar as ações do IFCE com vistas ao desenvolvimento regional. Este planejamento será continuado com a formação de convênios e três câmaras setorias: agropecuária, serviços e indústria, educação e desenvolvimento social. Para cada ação será trabalhado um protocolo de atribuições para os agentes públicos e privados.  
Fórum das câmaras setorias agropecuária, serviços e indústria, educação e desenvolvimento social.Periodicamente, reuniram-se presencialmente ou de forma on-line, para acompanhamento das ações traçadas no planejamento estratégico.
Definição do Plano Diretor do IFCE TauáPara dar conta do processo de expansão, o campus precisa elaborar um Plano Diretor que contemple a infraestrutura necessária a ser implantada para suprir atuais e futuras demandas de cursos e serviços, bem como as formas de financiar estas expansões físicas.

2.1 EXPANSÃO DAS AÇÕES DE EXTENSÃO, PESQUISA E ENSINO

PROPOSTADETALHAMENTO
Criação de Núcleo de Educação a Distância de Tauá.Criar o núcleo institucionalmente e capacitar de servidores (TAEs e Docentes) e estudantes, para atuarem em todas as etapas da Educação a Distância, da produção de conteúdo, administração de Ambiente Virtual de Aprendizagem, encontros presenciais e coordenação de cursos. Esta nova estrutura do campus dará suporte ao ensino híbrido e as ações de capacitação.
Criação dos cursos Técnico Subsequente em Vendas e superior em Tecnologia em Gestão Comercial (ambos EAD).Como um dos setores que mais emprega e cresce no município, o comércio de bens e serviços, demanda trabalhadores e não há uma instituição pública que forme comerciários e gerentes. O modelo EaD híbrido (com encontros presenciais) possibilita contemplar também os cursistas que já estão no mercado de trabalho.
Programa Capacitação em Cada Canto, oferecendo cursos e eventos de formação nos distritos, estimulando os potenciais econômicos de cada distrito/bairro.A oferta destas ações de extensão ocorrerá na forma de eventos, projetos ou cursos de Formação Continuada, propostos pelos docentes com apoio dos estudantes. As áreas prioritárias dos cursos serão os recursos naturais, produção alimentícia e a Tecnologia da Informação. Os estudantes que atuarão nas formações poderão valida-las como prática profissional e/ou estágio curricular.  
Articular convênios para oferta de turmas de cursos superiores e técnicos, de outras regiões em Tauá.Inicialmente uma oferta descentralizada e se houver necessidade a implantação do curso de forma definitiva no campus.Atuando de forma mais ágil uma ação interinstitucional e com agentes locais públicos e privados viabilizaria cursos que são necessidades regionais e já existem em outras instituições. Ex: Engenharia Agrícola (parceria campus Iguatu), Técnico Subsequente em Eletrotécnica (parceiro IFCE Sobral), técnico Subsequente em Manutenção Automotiva.  
Oferta de cursos FIC da área de produção alimentícia, como preparação de clientela para os cursos PROEJA Agroindústria e um futuro curso superior de Tecnologia em Alimentos. No âmbito do Programa Capacitação em Cada Canto.Com as formações já se iniciaria uma tendência de formação de público/clientela para estes cursos de maior duração (PROEJA/Técnico). E se estimularia a formação de pequenos negócios voltados para planejar e manter processos relacionados ao beneficiamento, industrialização e conservação de alimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *